Parque Zoobotânico Arruda Câmara João Pessoa

O Parque Zoobotânico Arruda Câmara João Pessoa tem área de 26,8 hectares, a reserva é tombada pelo IPHAEP (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba) desde 26 de agosto de 1980. Coberto por resquício de Mata Atlântica, o parque apresenta quinhentos animais de oitenta espécies, entre os quais elefantes, leões, araras e jacarés, assim como uma infinidade de plantas da flora brasileira.

Popularmente chamado Bica, em virtude de uma fonte natural de água potável em seu centro, o Parque Arruda Câmara é um oásis no meio da cidade, pois se constitui em um verdadeiro santuário ecológico encravado no centro da capital paraibana. Todo ano a área recebe cerca de 110 mil pessoas, entre turistas e cidadãos locais.

Parque Zoobotânico Arruda Câmara João Pessoa

Parque Zoobotânico Arruda Câmara João Pessoa História

Em 24 de dezembro de 1922, a Provedoria da Fazenda autorizava a edificação de uma fonte no pequeno bosque de onde fluía o córrego. Já em 1831, foram expandidos os limites do sítio, concretizando-se sua construção definitivamente em 1889. Nessa época, o parque apresentava área de 43 hectares, a qual foi desapropriada pelo prefeito Walfredo Guedes Pereira, entre 1920–1924.  A área foi então batizada com o nome do renomado botânico paraibano da cidade de Pombal, Manuel Arruda Câmara.

Lenda indígena
A lenda indígena sobre o parque trata do amor entre dois jovens de duas tribos rivais: a índia Aipó, filha de um cacique potiguara e o valente guerreiro Tambiá, da tribo cariri. A inimizade entre os dois povos impedia o casamento. Feito prisioneiro, Tambiá recebeu como esposa da morte a filha do inimigo. Executado na floresta, ele teve a última mensagem de sua amada: durante cinquenta luas, Aipé chorou sobre a tumba do amado.

Sobre tal lenda, no livro O que o vento não levou lê-se a seguinte narrativa:





O primeiro manancial d’água [de João Pessoa] foi a fonte da Igreja de São Francisco; depois a famosa ‘Bica’, no parque Arruda Câmara, bairro de Tambiá, que significa ‘olho d’água’. Diz a lenda que uma índia tabajara por nome Iapré, chorando a morte do amado que ali havia sido enterrado fez nascer uma fonte d’água de excelente qualidade, na qual ela enxugava suas lágrimas oriundas da saudade com seus imensos cabelos. Do seu pranto originou-se a fonte do sítio, a partir daí intitulada Fonte Tambiá.

Parque Zoobotânico Arruda Câmara João Pessoa Fotos

Vagas Parque Zoobotânico Arruda Câmara João Pessoa – Trabalhe Conosco

O Parque Zoobotânico Arruda Câmara João Pessoa disponibiliza vagas de trabalho durante todo ano. Para se informar sobre os processos seletivos e se candidatar as vagas acompanhe o site da empresa, onde é possível se informar sobre vagas abertas, salários e competências necessárias para se candidatar ao processo.

Horário de Funcionamento Parque Zoobotânico Arruda Câmara em João Pessoa

  • Terça a Domingo das 08h às 16h

Onde fica, Endereço e Telefone Parque Zoobotânico Arruda Câmara em João Pessoa

  • Rua, Av. Gouvêia Nóbrega, s/n – Baixo Roger – João Pessoa – PB
  • Telefone: (83) 3218-9713

Mapa de localização